• Indique um amigo
  • Vagas para Estágio
  • Trabalhe Conosco
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS
(31) 3891-2374 Rua Alex Doroffef, nº50
Centro - Viçosa, MG

Como um Chevette 78 ajudou a transformar um sonho em múltiplas oportunidades

E na história do Núcleo o protagonista é o sonho da sua fundadora Patrícia Lima e entre os muitos elementos fundamentais para a realização desse sonho de arte e de dança é que esteve um Chevette ano 78 primordial para o início de tudo.

A dança sempre fez parte da vida de Patrícia, que deu os primeiros passos nessa arte aos três anos de idade e desde os quinze deu aulas em Belo Horizonte, chegando a ser coordenadora da reconhecida Escola Ana Lúcia de Carvalho.  A partir dos 17 anos é que o Chevette entra na história. Com o dinheiro ganho pelo trabalho com a dança, Patrícia começou a pagar um consórcio do carro em 1978, mas só em 1979 ela conseguiu o automóvel, foi a última a ser contemplada.

Já de carro, e sempre bailarina, aos 20 anos, ela se casou e deixou Belo Horizonte mudando-se para Viçosa. Em 1980 a cidade tinha características agrárias pela sua localização, pela economia e pela conhecida Universidade Federal de Viçosa que oferecia apenas cursos nessas áreas.

O estilo interiorano de Viçosa não intimidou Patrícia, que por um ano buscou na cidade um espaço que abrigasse o seu sonho. Nenhum lugar tinha tamanho adequado para as aulas de ballet e Jazz que ela mesmo ministraria. Um dia a sua busca incessante, feita junto do fiel escudeiro Chevette 78, acabou em uma rua de terra recém aberta no centro da cidade.

Um galpão! A estrutura era rústica, mas ideal para o momento. Uma porta que abria para a rua, um espaço grande, um banheiro, e em cima um lugar para fazer uma secretaria e um vestiário. Estava resolvido! Essa seria a primeira casa do Núcleo de Arte e Dança e o dono do lugar, Sr. Antônio Chequer, muito gentil e disposto a ajudar a jovem bailarina e professora alugou o imóvel deixando-lhe como brinde, ou conselho sua opinião firme: ‘Esse negócio de dança em Viçosa não dá certo não, hein. Mas se você quer arriscar, arrisca’.

É claro que ela arriscou. Quem tem um sonho não cansa e não desiste, pelo contrário, vai à luta, não é mesmo?! E foi assim com a Patrícia. Com o galpão alugado outra questão apareceu: como transformar o espaço em escola de dança? 

A infraestrutura exigia dinheiro, e é nesse ponto da história que entra o Chevette que  ajudou a transformar o sonho em muitas possibilidades. Além de contar com o apoio da família, o companheiro de quatro rodas foi fundamental nesta história. Após ser vendido, virou tábua corrida para o piso, material para fazer as barras, espelhos. Mesa e  cadeiras da secretaria foram doadas pelo pai vinda de seu escritório, os bancos e cabideiros foram comprados na feira de artesanato.

Agora sim! Escola pronta, mas um pedacinho do amigo de jornada continuou a caminhada junto com sua dona que cheia de sonhos e força de vontade, mas já sem dinheiro, pegou o toca fitas do Chevette, duas caixas e com eles fez o som oficial do Núcleo de Arte e Dança, inaugurado no dia 16 de março de 1981.

 

No mesmo ano, em outubro, aconteceu o primeiro Festival do Núcleo em Viçosa a escola já tinha 60 alunos e a cena cultural da cidade, pouco movimentada na época, recebeu muito bem o espetáculo. As cinco coreografias de cinco minutos foram apresentadas no Ginásio da Educação Física da Universidade Federal de Viçosa.

Neste ano de 2016 o Núcleo de Arte e Dança completa 35 anos e milhares de pessoas fizeram e fazem parte dessa história. Gente que encontrou na dança a oportunidade de realizar seu sonho com ou sem Chevette, mas sempre com muita paixão e amor pelo que faz.  

Autoria: Lílian Moura

Núcleo Academia Viçosa Minas Gerais
Rua Alex Doroffef n° 50 - Centro, Viçosa, MG
E-mail: contato@nucleoad.com.br
Telefone: (31) 3891-2374
Copyright © 2013 - Todos os direito reservados Desenvolvido por Redline Websites